Buscar
  • We Brazil Energy

O que são Bandeiras Tarifárias?

Desde o ano de 2015, as contas de energia passaram constar uma nova informação de tarifa. O Sistema de Bandeiras Tarifárias que indica se haverá acréscimo no valor da energia repassada ao consumidor final, em função das condições de geração de eletricidade. Cada modalidade apresenta as seguintes características:

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,015 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha - Patamar 1: condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,040 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Bandeira vermelha - Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,060 para cada quilowatt-hora kWh consumido. *Com exceção de Roraima, todos os estados do Brasil utilizam o sistema de Bandeiras Tarifárias.

É importante entender as diferenças entre as Bandeiras Tarifárias e as tarifas propriamente ditas. As tarifas representam a maior parte da conta de energia dos consumidores e dão cobertura para os custos envolvidos na geração, transmissão e distribuição da energia elétrica, além dos encargos setoriais.

As Bandeiras Tarifárias, por sua vez, refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica. Dependendo das usinas utilizadas para gerar a energia, esses custos podem ser maiores ou menores.

A bandeira tarifária em outubro de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Outubro é um mês de transição entre a estação seca e o início do período úmido nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Para ficar livre das tarifas e ter sua independência enérgica, invista na energia solar fotovoltaica. Além de uma diminuição significativa do preço da conta de energia, você fica livre deste e outros possíveis aumentos! #energiasolar #bandeiratarifaria #aneel #taxarosolnao #fotovoltaico Fontes: Aneel

84 visualizações
  • Branca ícone do YouTube
logo_we_brazil_energy (1)2.png