Buscar
  • webrazil

Novo normal: Apple planeja emissão zero de carbono

Atualizado: Jul 22


Painéis solares usados para geração de energia na sede da Apple, em Cupertino (EUA) Foto: Divulgação/Apple

A gigante da tecnologia Apple anunciou neste dia 21 de julho a meta de ser uma cadeia empresarial com emissão zero de carbono até 2030. É um objetivo que já vinha sendo perseguido nos últimos anos, porém o plano divulgado agora é mais abrangente, incluindo não só as lojas e centrais de atendimento, mas todas as etapas de produção: obtenção de suprimentos, ações de fornecedores e processo de fabricação.

"Quase metade da nossa emissão de carbono vem da energia elétrica usada na fabricação. Por isso, é fundamental ajudar nossos fornecedores a mudar para energia renovável", diz texto divulgado no site da empresa.

Ainda em relação à questão energética, a Apple diz que apoia políticas governamentais que taxam o carbono e criam mercados de energia elétrica renovável de baixo custo para fornecedores e comunidades. Um programa próprio também dá suporte a fornecedores para reciclagem de materiais.

Em suas instalações, a empresa já usa energia vinda, por exemplo, de grandes usinas fotovoltaicas (as chamadas fazendas solares) instaladas pelos EUA e em outros países, como China e Japão.


Para exemplificar sua meta, a empresa afirma que a produção de um iPhone comprado em 2030 terá um impacto "nulo no clima". "Este é um momento para não se afastar do grande desafio da mudança climática", afirmou à CNN Business Lisa Jackson, vice-presidente de meio ambiente, políticas e iniciativas sociais da Apple.

Ações


Ainda segundo a CNN, a Apple informou que já tem compromissos de 70 fornecedores para usar 100% de energia renovável na produção. A companhia atua com o Fundo Verde EUA-China para investir US$ 100 milhões em projetos de eficiência energética para seus fornecedores. Recentemente, começou a usar um novo tipo de alumínio para fabricar MacBook Pros de 16 polegadas, sem emitir carbono. A empresa diz ainda possuir um novo robô para desmontar componentes que foi projetado com materiais recicláveis.

Cientistas cobram que esses dados de sustentabilidade divulgados por empresas como a Apple sejam compartilhados e submetidos a auditorias externas, o que a companhia diz fazer com o seu relatório anual.




#Sustentabilidade #EnergiaSolar #Fotovoltaico #Apple #ResponsabilidadeSocial #SolarPanels #EmissõesDeCarbono #MeioAmbiente #WeBrazilEnergy

0 visualização
  • Branca ícone do YouTube
logo_we_brazil_energy (1)2.png